15 de maio de 2012

Resenha Pobre não tem sorte


Autora: Leila Rego 
Editora: All Print 
Número de páginas: 208

Resenha

Mariana, uma mulher que adora estar na moda e não economiza esforços para isso, desmiolada e fútil, mas tem um bom coração, está prestes a se casar com Eduardo, um homem lindo, médico ginecologista, mais cobiçado da cidade e rico.

Mari fica muito feliz em saber que seu casamento está marcado, e que tem que começar os preparativos logo, Mari escolhe tudo do bom e do melhor, desde as peças do banheiro do apartamento até a decoração do Buffet e da igreja.

Mari não vê a hora de largar a vida pobre que tem com seus pais, mora em um apartamento pequeno, e precisa parcelar uma bolsa de seus sonhos em um infinito de parcelas, e sempre gasta mais do que ela recebe no seu serviço.

Com os preparativos do casamento, ela não consegue se concentrar no trabalho, então resolve que precisa pedir demissão, assim o faz, quando conta para Edu, as brigas começam.

Mari só pensa em como o seu casamento vai proporcionar inveja aos outros e que o seu vestido vai ser deslumbrante. Mari fica imaginando o que suas amigas da alta sociedade vão dizer, e o que os jornais da cidade vai dizer sobre a cerimônia.

Edu vai ficando para o lado, junto com o relacionamento e a conversa sobre filhos, no momento Mari ao pensa no bafafá que o casamento vai causar na cidade.

Mariana é um pouco fútil demais e só pensa em estar na moda e poder mostrar isso para sias amigas, mas será que elas são tão amigas assim?

O livro faz parecer que Mariana está conversando com a gente, ela pede opiniões e parece que sabe o que estamos respondendo,  não tem como não se apaixonar por essa garota maluca.

O livro despertou todas as emoções em mim, eu amei Mariana, odiei algumas atitudes dela, ri muito, e no final eu chorei, chorei litros, mas não posso contar porque, a única coisa que posso dizer, é que a Mariana pagou um preço por ser assim tão desmiolada.

Ela pode reverter a história, mas será que ela consegue?

Depois de alguns acontecimentos ela decide sair de sua cidade, Presidente Prudente, para ir para São Paulo, e começar uma vida nova e claro cheia de aventuras. O que será que espera por Mariana por lá?

Amei o livro e recomendo com certeza, espero poder ler o segundo em breve, porque fiquei apaixonada pela estória e por Mariana, confesso que em alguns pontos me identifiquei com ela, e com certeza vou trazer para minha vida as lições que ela aprendeu.

Recomendo com certeza, e espero que vocês tenham gostado da resenha.

Obrigada Leila por me proporcionar a chance de conhecer e me apaixonar por Pobre não tem sorte.

Beijos



7 comentários:

  1. Parece ser muito bom o livro. Daqueles que quando a gente nota já ta la na ultima pagina. Achei a capa meio esquisita, mas não se julga um livro pela capa.
    Agora fiquei curiosa para saber o que aconteceu com a Mariana, ai tadinha será que o noivo abandonou ela?
    Fiquei curiosa, um dia leio.
    Bjs Bru

    http://lerimaginarcriar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marina, muito obrigada pelo comentário, realmente não se julga um livro pela capa, mas eu amei a capa rsrsrs. Mariana sofre bastante no final rsrsrs.

      Beijos querida!

      Excluir
  2. Achei a resenha bem interessante! Parabéns. Vou procurar este livro.

    paranoiadasideias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procura mesmo, porque vale muito a pena viu.
      Beijos, muito obrigada pelo comentário.

      Excluir
  3. Parabéns pela resenha Bruna! Já li Pobre Não Tem Sorte 1 e 2 e amei! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nessa, espero ler o segundo logo.
      Beijos

      Excluir
  4. Essa literatura nacional parace ser sensacional, e o mais legal é que ele nos ensina a não pensar apenas no dinheiro, não ser tão fútil, pois se não teremos serias complicações futuramente. Espero realmente que depois de tudo que aconteceu, essa menina mudo e não case apenas pelo o dinheiro, pois nem tudo é grana. Gostei bastante da capa, é simples porem mostra muito da historia, e o nome chama muita atenção e chega a ser até cômico. Parabéns pela resenha, me deixou bem curiosa.

    ResponderExcluir

Deixem seus comentários e opiniões. Lembrem-se que a opinião de vocês é muito importante para o crescimento do blog. Beijos meus queridos.